Comentários do leitor

Sinais, Sintomas, Causas, Complicações, Tratamentos max amora

por Jhonata Barbosa (05-04-2017)


 

Dr. Jennifer Berman é um co-anfitrião recorrente no Emmy premiado talk show, The Doctors ", e um praticante de urologia com formação especializada em urologia feminina e medicina sexual feminina. Muitas mulheres têm ondas de calor em torno do tempo da menopausa ou até alguns anos depois, o que pode estar relacionado com a alteração dos níveis de estrogênio. Este sintoma comum da menopausa pode causar irritação vulvar ou desconforto e dor durante a relação sexual. Além disso, os sintomas da menopausa precoce são geralmente mais graves do que os sintomas durante a menopausa natural recomendo usar max-amora e ver se pode usar na sua fase.

Sempre que tiver hemorragia após o sexo, ou sangramento após 12 meses sem períodos, marque uma consulta para ver o seu médico. Este tratamento pode não ser adequado se estiver a tomar medicamentos para diminuir a pressão arterial ou se tiver depressão, problemas cardíacos ou constipação.

Estas pílulas também podem ajudar com sintomas como ondas de calor, bem como prevenir a gravidez - que ainda pode ser possível durante este tempo. Isso pode acontecer com as mulheres, mesmo antes da menopausa, como resultado da má alimentação e nutrição. Se você não quer ou não é capaz de tomar HRT, seu GP pode sugerir outras opções de tratamento.

Isto é especialmente verdadeiro se você acha que está na menopausa precoce ou insuficiência ovariana prematura. A maioria das mulheres só experimentam sintomas leves como erupções cutâneas, espirros e comichão nos olhos, mas no caso de sintomas extremos de alergia como inchaço, tonturas e cólicas, é importante procurar tratamento médico urgente.

Se você está acordando muito à noite, jogando e virando, e geralmente sofrendo com insônia, ele pode estar conectado com a menopausa. Ele diminui dentro de cinco anos de parar HRT para o que teria sido sem tratamento. O max-amora é usado para aliviar moderada a graves afrontamentos e, quando um estrogênio é incluído, para aliviar os sintomas devido à atrofia vulvovaginal.





ISSN: 2237-9703